22 Nov 2011
por CI

Os aeroportos mais exóticos do mundo

♪ Ding Dong ♫

Atenção, senhores passageiros, estamos nos preparando para aterrissar no aeroporto de…  Calma, fique tranquilo, não teremos nenhuma turbulência nem nada do tipo. Ontem, perguntamos em nossa fanpage qual era o meio de transporte preferido por nossos amigos para viajar. Como o avião foi escolhido por mais de 100 pessoas, resolvemos fazer um post com os aeroportos mais diferentes do mundo.

Afivele seu cinto e prepare-se, nosso plano de voo é longo.

foto: flickr.com/photos/everestpeaceproject

Começando a nossa lista de aeroportos “diferentes”, imagine pousar ou decolar no meio de montanhas? O aeroporto de Lukla, no Nepal está localizado a 2.900 metros de altitude e em uma das extremidades da pista você observa uma enorme montanha – a impressão que dá é que bateremos nela! – mas o perigo não mora deste lado da pista. Na outra extremidade, uma queda de mais de mil metros separa a pista do chão.  Se você está se perguntando quem é o louco que frequenta esse aeroporto, bem, vai entender. O aeroporto é usado como a primeira etapa da jornada ao longo do Monte Everest.

foto: flickr.com/photos/apmadeirapt

Imagine pousar o avião sobre o Oceano Atlântico? Bem, não exatamente sobre as águas, é claro.

O aeroporto internacional da Madeira, em Portugal, foi por muitos anos conhecido por sua pista curta e as montanhas bem próximas. Os pilotos mais experientes contam que pousar no aeroporto era dificílimo. Pudera, a pista só tinha 1.600 metros de comprimento. Em 2000, a pista ganhou mais alguns metros e passou a ter 2.781 metros. Até aí, tudo bem, né? Não.  Como não havia mais espaço para crescer, ela foi construída em cima do oceano, sobre uma série de 180 colunas com mais de 70 metros de altura.

No final, o resultado é bem bonito, olha só:

foto: flickr.com/photos/kombizz

Se você acha que o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, atrapalha o trânsito da capital, precisa conhecer o aeroporto de Gibraltar, na Espanha.

Construído durante a Segunda Guerra Mundial, quando serviu como base militar para o governo do Reino Unido, esse aeroporto não é o mais amigável do ponto de vista do tráfego porque simplesmente atravessa no meio a Avenida Winston Churchill. Sim, isso mesmo que você leu: o aeroporto corta no meio uma das mais movimentadas avenidas da cidade. Mas existe uma explicação: trata-se do único lugar plano da cidade.

foto: flickr.com/photos/sumdy

Se pousar no meio de uma avenida pode parecer estranho, imagine aterrissar a aeronave nas areias da praia? No aeroporto de Barra, na Escócia, é assim. Situado na praia de Traigh Mahor, uma vez ao dia a pista do aeroporto é “levada pela maré”. Se planejar ir para lá, certifique-se de que pousará durante o dia. O aeroporto só possui iluminação natural.

foto: Divulgação

Enquanto os chineses possuem uma muralha que pode ser vista desde a Lua, os japoneses possuem o aeroporto que pode ser visto do espaço. O Kansai International Airport foi construído a 6 quilômetros da costa de Osaka Bay e a “ilha” possui uma pista com 2,5 km de comprimento por 1,6 km de largura.  Alguns especialistas dizem que, devido ao aquecimento global, a construção ficará submersa nos próximos 50 anos.

foto: flickr.com/photos/71952579@N00

O princípio básico para uma boa pista de aeroporto é ser plana, certo? Pois bem, lá no aeroporto de Courchevel, nos Alpes franceses, esse princípio não é levado em consideração. Com meio quilômetro de extensão e uma inclinação de 18,5 graus, existe todo um ritual para pousar ou decolar por lá. Olha só o vídeo:

foto: flickr.com/photos/60480271@N08

Se na neve é assim, imagina num lugar com sol, praia e mar? Bem, se você estiver em St. Martin, no Caribe, bronzeando-se e tomando seus “bons drink”, não estranhe caso um avião faça sombra para você. É comum, por lá, os aviões passarem quase raspando na praia antes de pousar. OK, brincadeirinhas à parte, o avião passa mesmo bem próximo da areia; no entanto, avisos e uma grade tentam evitar que haja qualquer “probleminha” parecido com o segundo vídeo aqui embaixo.

E aí, gostaram do nosso tour pelos aeroportos mais exóticos do planeta? Pois prepare-se. Na semana que vem, vamos contar quais são os objetos mais estranhos esquecidos pelos aeroportos do mundo.

Compartilhe
Deixe seu comentário!